MSP: como funciona a infraestrutura gerenciada de TI

maio 24, 2021Tecnologia0 Comentários

MSP (Managed Services Provider) pode ser traduzido como Provedor de Serviços Gerenciados, é um modelo de trabalho preventivo, ofertado por empresas do ramo de tecnologia para garantir aos clientes a total disponibilidade dos sistemas, de modo que todas as operações sejam monitoradas e supervisionadas, para que as atividades da empresa se mantenham estáveis e disponíveis.

Esse modelo é uma revolução da tecnologia, já que é pensado e estruturado para que toda a infraestrutura de TI da empresa funcione na nuvem, de forma terceirizada, ou seja, alocada em uma organização especialista no assunto.

Neste artigo vamos abordar as principais diferenças entre o MSP e o break-fix, quais as vantagens da infraestrutura gerenciada, para quais empresas é indicado e muito mais. Então, continue na leitura!

O que é MSP e a diferença do break-fix

Como nós explicamos lá no início, o MSP é um modelo de trabalho preventivo, ou seja, seu objetivo é prever e mitigar possíveis problemas, pois é realizado um monitoramento contínuo de toda a infraestrutura de TI. Dessa forma, potenciais problemas, ameaças e ataques são identificados antes que efetivamente aconteçam ou que se transformem em um problema maior, ou seja, tornando a resolução mais fácil.

Esse modelo garante que os dados da sua empresa fiquem altamente disponíveis, a todo momento e lugar, por meio de softwares especiais, responsáveis por monitorar a infraestrutura.

O MSP é uma filosofia que atua de forma contrária ao break-fix, ou seja, ao modelo quebra-conserta. O break-fix diz respeito ao atendimento sob demanda, que, normalmente, vem acompanhado de uma urgência, como quando ocorre algo de errado nos equipamentos e sistemas ou em casos que demandam atualizações.

Ou seja, ele é acionado quando surge um problema, então, além de gerar uma demanda imprevista para a equipe de TI, cria tensão no ambiente, porque os colaboradores podem se sentir pressionados a resolver logo a situação e, como consequência, outras atividades da equipe de TI ficam sobrecarregadas.

Principais diferenças entre o MSP e o break-fix

MSP:

  • Monitoramento frequente da infraestrutura de TI (proativo);
  • Muito utilizado por empresas que têm visão estratégica de negócios;
  • Responsável por automatizar tarefas rotineiras da empresa;
  • Ferramenta centralizada;
  • Relatório de utilização dos ambientes.

Break-fix:

  • Atendimento sob demanda, normalmente, em casos de emergência (reativo);
  • Comum em pequenas empresas de TI;
  • Tem pouca ou nenhuma automatização de processos rotineiros;
  • É preciso utilizar várias ferramentas.
  • Tempo de parada não programado.

Como o MSP é entregue: acordo gerido

Técnico de TI

Por se tratar de um modelo de trabalho gerenciado, o MSP é entregue de maneira remota, por meio de softwares especiais para esse fim. Ou seja, a empresa terceirizada de tecnologia que for contratada para entregar o MSP vai atuar de forma consultiva: conhecendo os desafios do seu negócio e quais são os elementos necessários para que suas operações funcionem corretamente, como máquinas, equipamentos, softwares, licenças, redes, entre outros.

Assim, o gerenciamento consiste em um pacote de serviços, baseados na sua necessidade e demanda. O valor mensal varia de cliente para cliente, pois leva em conta a infraestrutura de cada empresa. No entanto, alguns serviços possuem um valor fixo mensal em reais, enquanto outros você paga apenas quando usar.

Independentemente da sua demanda, todo serviço de MSP inclui uma equipe técnica cuidando do seu projeto, pronta para atender você quando for necessário.

Para ler sobre elasticidade na infraestrutura de TI, clique aqui.

Para quem o MSP é indicado

Normalmente, o MSP é indicado para pequenas e médias empresas, que não contam com uma equipe de TI interna ou profissionais especializados em tecnologia.

Entretanto, não é restrito para empresas desse porte. Toda empresa que entende a necessidade e a importância de contar com uma infraestrutura de TI para o sucesso das operações pode contratar o MSP, já que ele é uma garantia de segurança a mais para a empresa, pois monitora as atividades de maneira proativa, 24/7.

Principais vantagens do MSP

Como você já pode perceber, o próprio MSP é uma vantagem para as empresas, já que atua de forma proativa.

No entanto, separamos outras vantagens que são importantes quando falamos sobre esse assunto. Confira nos próximos tópicos!

Disponibilidade

Ao contrário do break-fix, em que uma emergência pode sobrecarregar a equipe, no modelo MSP, sua empresa não sofre com a indisponibilidade de recursos humanos, porque há um monitoramento constante dos equipamentos e operações. Evitando maiores surpresas.

Além disso, empresas que oferecem MSP possuem equipes treinadas e capacitadas para cuidar de toda a sua operação de infraestrutura de TI e, se você contar com uma equipe de TI interna, o seu time poderá auxiliar a empresa a buscar novas ferramentas e tecnologias, visando sempre alcançar melhores resultados.

Esses fatores permitem que a sua equipe tenha mais tempo e foco para buscar estratégias criativas e inovadoras para a empresa.

Custo

Muitas empresas ainda podem pensar que uma infraestrutura de TI é um custo muito alto, porque se atentam apenas aos valores para montar uma infraestrutura interna, entretanto, ao terceirizar essas operações, você não precisa investir em aquisições de recursos para vários anos, contratando estes serviços no regime de mensalidade você terá um menor impacto no custo de TI da sua empresa.

Automatização

Tecnologia MSP a todo momento

Nós sabemos que a tecnologia está em constante atualização, há um tempo, o modelo break-fix era uma revolução no mercado. Porém, os novos recursos podem ser mais atrativos. Como é o caso do MSP e a possibilidade de automatização.

No modelo tradicional (break-fix) grande parte das atividades são realizadas manualmente, isso toma muito tempo e ainda exige que o profissional esteja presente no local na maior parte do tempo, o que pode ocasionar outros custos, como deslocamento, pagamento de horas extras e gerar sobrecarga.

O MSP é um apoio da tecnologia para ela mesma, já que existem diversos sistemas que permitem automatizar os serviços, por exemplo, agendar monitoramentos de forma remota nas máquinas da sua empresa, para detecção e correção de falhas ou erros. Também é possível automatizar rotinas de backup, de acordo com as políticas definidas pela a sua empresa.

O MSP é um modelo de vantagens para o seu negócio

O MSP é um modelo de trabalho atualizado e proativo, ideal para empresas que entendem a importância de contar com uma infraestrutura de TI e focar em estratégia, para alcançar resultados positivos.

Ao contrário do seu antecessor, o break-fix, o MSP funciona de forma remota e preventiva, detectando possíveis ameaças e invasões, para que haja a correção, antes mesmo de se tornar um problema.

Outro fator importante quando falamos em MSP é a segurança que o seu negócio conquista, assim como, a economia que esse modelo pode gerar, já que você não precisa investir em uma infraestrutura interna.

Antes de contratar uma empresa que faz a oferta de infraestrutura gerenciada, pesquise e priorize aquelas que entendem a necessidade do seu negócio e oferecem a você exatamente aquilo que você precisa.

Gostou desse conteúdo? Compartilhe nas suas redes e siga nossos canais de comunicação para ficar por dentro das novidades!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *