O que é IaaS e 5 motivos para começar a usar hoje mesmo

jun 1, 2022Tecnologia0 Comentários

Se você lida com tecnologia, certamente já ouviu falar sobre o que é IaaS, o termo, que se refere a Infraestrutura como Serviço, é uma modalidade de uso de infraestrutura na nuvem ou on-premise, sem ser necessário fazer a compra de todos os componentes necessários para tal.

Por ser um recurso vantajoso, muitas empresas estão partindo para este modelo. Se você está em fase de pesquisas e quer conhecer melhor sobre essa funcionalidade ou se pensa em migrar a sua infraestrutura, nós separamos 5 principais motivos para você começar a usar IaaS.

Acompanhe!

O que é IaaS

IaaS é uma abreviação do termo em inglês Infrastructure as a Service, ou seja, Infraestrutura como Serviço. Como o próprio nome sugere, o que é IaaS: uma modalidade de serviço e um modelo de negócio em que as empresas locam recursos computacionais, em outras palavras, todos os componentes necessários para a organização, sem precisar comprá-los.

Sendo assim, todas as operações da empresa rodam na nuvem, como informações de servidores, storage, rede e segurança. (excluir)

Para tanto, o mais usual é contratar empresas especializadas para fazer essa hospedagem. Desse modo, você aloca tudo que precisa por um determinado período e, caso necessite acrescentar mais itens ao seu projeto, tem a liberdade para fazer isso, pagando a mais apenas pelo o que utilizar.

A IaaS é um dos três modelos de serviço da computação mais usuais, acompanhada também de PaaS (Plataforma como Serviço) e SaaS (Software como Serviço), temas para outros blogs.

Quando surgiu e por que passou a ser usada

A história de como surgiu a IaaS volta há alguns anos e termos, como XaaS (Qualquer coisa como Serviço), que começou a prosperar em meados dos anos 90, quando a internet banda larga já era acessível por diferentes pessoas e surgiram os ASPs (Provedores de Serviço de Aplicação), que eliminavam a necessidade de o usuário final abastecer seus servidores ou desktops com licenças de software.

O modelo não foi completamente aceito logo de início por todas as empresas, mas, com o passar dos anos, a partir de meados da primeira década deste século, a migração para a nuvem se mostrou essencial para as PMEs, especialmente quando falamos em reduzir os custos com infraestrutura.

Além, claro, de não precisa atualizar constantemente a infraestrutura de redes e contratar prestadores de suporte. Eliminando mais custos.

Na virada da segunda década, os processos de virtualização transformaram a nuvem em um ambiente preferencial para as empresas, quando também, o uso de data centers se tornou mais comum, substituindo os antigos CPDs.

O que é IaaS e 5 motivos para começar a usar hoje mesmo

Classificações para o modelo de nuvem 

O que é IaaS vai ainda mais além quando falamos em modelos de nuvem, ela se divide, junto com PaaS, em outros três modelos:

  • Nuvem pública;
  • Privada;
  • Híbrida.

Nuvem pública

Todas as informações estão disponíveis na web sendo compartilhada com vários usuários. No entanto, apenas quem tem as liberações necessárias pode acessar os arquivos.

As empresas que possuem nuvem pública, como a Oracle, são detentoras de vários data centers e eles ficam trocando informações entre si, então, é praticamente impossível dizer em qual deles os seus dados estão armazenados.

Essa nuvem é mais indicada para empresas que querem manter o orçamento mais baixo, além disso, por ter um suporte padronizado, pode ser insuficiente para empresas que demandam funções especificas.

Nuvem privada

Essa nuvem tem as mesmas funcionalidades da anterior, mas ela funciona em um servidor da empresa, ou de uma empresa terceirizada contratada para hospedar os seus dados. Existe apenas o acesso próprio, o que torna os arquivos privados e mais seguros.

A grande vantagem desse modelo é que a empresa pode personalizar as funções de acordo com as demandas dela.

Nuvem híbrida

Como o nome sugere, esse modelo de nuvem faz uma junção das duas anteriores e os recursos são utilizados de acordo com a demanda, assim otimizando os custos.

Clique aqui e baixe gratuitamente nosso guia sobre computação elástica, você não vai se arrepender!

O que é IaaS e 5 motivos para começar a usar hoje mesmo

Quando contratar

Agora que você entendeu o que é IaaS, deve estar se perguntando quando é o momento correto para contratar. A verdade é que não existe uma resposta absoluta para essa pergunta.

Afinal, vai depender muito do momento em que a empresa se encontra. Se você já tem uma infraestrutura própria alocada relativamente nova, esse pode não ser o tempo ideal para investir em IaaS. Talvez, quando os equipamentos demandarem novas atualizações, possa ser o indicativo para fazer a migração.

Mas, se você está estruturando sua empresa agora e pesquisando as melhores possibilidades, pode contratar de imediato a infraestrutura como serviço.

Além disso, se estiver buscando reduzir custos e tornar suas informações mais seguras, a IaaS também é uma excelente maneira de fazer isso.

Porém, para entender melhor se esse é o momento para você contratar infraestrutura como serviço, está na hora de ler os 5 motivos que separamos:

#1 – Eliminação de custos

Nós já citamos algumas vezes ao longo do blog que a IaaS proporciona redução de custos para as empresas e esse é um dos motivos principais para contratar.

Quando se tem infraestrutura como serviço, ela permite que as empresas acessem diferentes serviços e infraestruturas, sem precisa fazer investimentos altos. De modo simples: é como se o custo por um equipamento fosse divido por todas as empresas que fazem o uso dele.

Além disso, também não é preciso lidar com manutenções, atualizações ou contratar uma equipe especifica para fazer o suporte da infraestrutura.

#2 – Segurança contra ataques

A segurança é com